Trans faz outing forçado de gays em país que prende homossexuais

Naoufal Moussa incentiva instalação de apps de pegação e exposição dos usuários

Publicado em 19/04/2020
transexual homofobia gays marrocos
Perfil no Instagram em que transexual expunha homens foi apagado

Em meio a uma pandemia, há gente que encontra tempo e motivação para espalhar ódio e tristeza.

Curta o Guia Gay Brasilia no Facebook

Uma transexual influencer digital marroquina tem incentivado suas seguidoras a perseguir, chantagear e tirar gays "padrão" e homens bissexuais do armário.

Naoufal Moussa, em lives no Instagram que chegam a ser vistas por 50 mil pessoas, tem se dedicado a expor gays e bissexuais que vivem no Marrocos.

No país, sexo entre homens pode render multa e prisão até por três anos.

Naoufal também é conhecida como Sofia Talouni e vive na Turquia. 

Em um dos vídeos, Naoufal explica que quer expor os homens que são ativos na relação. 

Ela fala para as seguidoras baixarem Grindr, Hornet ou Planet Romeo. Depois, ao se registrarem, as seguidoras devem optar por "passivo" ou "versátil". 

"Vamos falar com aqueles que se escondem atrás da barba, que dormem com os passivos ou que são ambos (ativos e passivos)", diz.

"Estes aplicativos mostram quem está perto de você. (...) Pode mostrar seu marido que está no quarto, ou seu filho que está no banheiro urinando, talvez seu namorado que mora perto de você, talvez seu primo que mora a dois quarteirões de você, ou seu tio. Você vai descobrir as coisas erradas."

Segundo o site Shangay, todos os dias, Naoufal publica imagens de gays e bissexuais que seu público envia. Muitos destes homens - com a sexualidade exposta - passam a ser perseguidos.

Ao Insider, um jovem de 19 anos contou que suas fotos estão circulando, mas não chegaram ainda até sua família. "Eu não estou só com medo. Eu tenho certeza que serei expulso de casa imediatamente. Ou pior, ser atacado".

Na sexta-feira 17, o perfil de Naoufal no Instagram, que tinha mais de 600 mil seguidores, foi excluído.


Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.