Brasileiros fazem campanha para Madonna não lançar música com Anitta

Motivo foi apoio da carioca a Nego do Borel neste domingo; episódio da campanha presidencial também é lembrado

Publicado em 21/01/2019

Brasileiros pedem a Madonna que cancele featuring com Anitta

Madonna posou ao lado de Anitta semanas atrás e todos entenderam que há uma parceria das duas vindo por aí.

Curta o Guia Gay Brasilia no Facebook

Mas um grupo de fãs da rainha do pop está empenhado em fazer esse featuring cantar para subir.

Muitos brasileiros têm protestado na conta do Instagram de Madonna contra a parceria e afirmam, em inglês e português, que Anitta apoia o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) e que é transfóbica.

O motivo principal do boicote é por Anitta ter defendido Nego do Borel após ele ser vaiado em um show seu no Rio de Janeiro, no domingo 20. O funkeiro fez comentário transfóbico contra Luisa Marillac uma semana atrás chamando-a de "homem" no Instagram.

Durante a campanha presidencial, no ano passado, Anitta também demorou a se pronunciar contra Bolsonaro. Isso fez com que muitos LGBT (que são o maior púbkico da carioca) entendessem que ela só emitiu sua opinião porque estaria perdendo seguidores, acusando-a de querer manter o "pink money".

Madonna e outras cantoras estrangeiras idolatradas por gays, como Cher e Dua Lipa, fizeram campanha de forma veemente contra Bolsonaro.

Dentre inúmeras mensagens contra Anitta no Instagram de Madonna pode-se ler frases como "Não se mete com a Anitta bolsominion, apoiadora de transfobia" .

Outro usuário vai mais longe chamando a cantora de "fascista", Há também fãs que a defendem na rede social de Madonna.

Madonna atualmente mora em Portugal e é lá que ela produz seu 14º álbum, sucessor de Rebel Heart (2015). O disco pode ser lançado a qualquer momento.

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.