Valesca defende gay pró-Bolsonaro e é 'expulsa do Vale'

Fãs decretaram a 'morte' da funkeira após declaração de apoio ao maquiador Agustin Fernandez

Publicado em 12/02/2019

Valesca Popozuda é criticada após apoiar o maquiador gay Agustin Fernandez

Após um tempo sem nenhum sucesso, Valesca Popozuda voltou a ser comentada nesta terça-feira 12, mas não foi de uma maneira positiva.

Curta o Guia Gay Brasilia no Facebook

A funkeira postou vídeo fazendo propaganda de produtos do maquiador uruguaio radicado no Brasil Agustin Fernandez, que ano passado declarou apoio e tirou fotos ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Após críticas, por mensagem direta, a cantora gravou vídeo falando sobre o assunto, sendo abraçada pelo maquiador.

Valesca Popozuda e Agustin Fernandez

No vídeo, divulgado no Stories do Instagram, Valesca diz: "Antes de tudo, eu respeito muito vocês. Eu nunca fui de ficar por aí julgando ninguém, nem criticando. Eu aceito a opinião e a decisão de todo mundo. Quero dizer pra vocês que, antes de tudo, o Agustin é meu amigo de anos."

E continua: "O que ele quiser falar, o problema é dele, a vida é dele, gente. Então nao sou eu que vou criticar, porque ele é meu amigo, é meu amigo antes de tudo, tá? Quero que vocês respeitem ele e me respeitem principalmente, tá bom? E eu te amo, e você pode contar comigo sempre. E vocês também. Eu te amo."

Boa parte dos fãs de Valesca é da comunidade LGBT e muitos criticaram sua posição de ficar ao lado de um gay pró-Bolsonaro.

A hashtag "RIP Valesca (algo como "Descanse em paz, Valesca"), usada em casos de morte, se tornou a mais usada no Twitter pelos brasileiros na manhã de terça.

Veja algumas das centenas de reações na rede social:

 

 

 

 

 

 

 

 

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.