Quatro homens acusam Bryan Singer de assédio durante adolescência

Diretor de 'Bohemian Rhapsody' nega acusações, que não foram as primeiras

Publicado em 23/01/2019
Bryan Singer
Singer dirigiu quatro filmes da franquia X-Men, dentre outros sucessos

Mais quatro homens acusaram o diretor Bryan Singer de assédio sexual na época em que ainda eram adolescentes.

Curta o Guia Gay Brasilia no Facebook

Dentre as vítimas, que não tiveram seus nomes divulgados, há um homem que disse que foi seduzido quando tinha apenas 13 anos.

Segundo o site The Atlantic, o homem diz que fez uma ponta no filme O Aprendiz (1998).

O homem diz que Singer "pegou" seus "genitiais" e "começou a se masturbar". Ele diz que o diretor, que filmou parte do longa-metragem na escola em que ele estudava, o convidou para participar da produção após conhecê-lo no banheiro da instituição.

Os outros três denunciantes relataram que Singer os seduziu durante festas em sua mansão em Beverly Hills, nos Estados Unidos, no final dos anos 1990 - dois quando estavam com 17 anos e um com 15 anos.

Por meio de seu advogado, o diretor negou todas as acusações. Dois homens em 2014 e um em 2017 fizeram alegações parecidas. 

Singer é abertamente gay e diretor de Bohemian Rhapsody, a premiada cinebiografia do Queen e de Freddie Mercury. Ele foi demitido no final das filmagens por ficar "indisponível" durante vários dias no set. Ele ainda é creditado como diretor do longa.

Outros filmes famosos seus são Os Suspeitos (1995), Operação Valquíria (2008) e quatro sequências da franquia X-Men (2000, 2003, 2014 e 2016).


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.